Museu Frei Galvão

O MUSEU
PATRONO
MONOGRAFIA
EVENTOS
NOVENA Novo


O PATRONO
Venerável Frei Antônio de Sant’Ana Galvão


Frei Galvão

Nascido em Guaratinguetá, em 1739, e falecido em São Paulo, em 1822, com fama de santidade. Construtor do Mosteiro da Luz em São Paulo, onde está sepultado. O processo de beatificação de Frei Galvão terminou em 1997. Aguarda-se data e local para o pronunciamento do Decreto de Beatificação.
Horário de funcionamento para visitas e pesquisas:
de 2ª a 6ª feira, das 9:00 às 11:00 horas e das 13:00 às 17:00 horas.
Casa onde nasceu Frei Galvão
Casa onde nasceu Frei Galvão
Rua Frei Galvão, 78 - Guaratinguetá


O MUSEU
Inaugurado em 1972. Mantido pelo Centro Social e Amigos do Museu. Particular. Entidade Municipal.
Localização: Praça Conselheiro Rodrigues Alves, nº48 - 2ºandar. Edifício do Centro Social de Guaratinguetá. O prédio teve projeto datado de 1950, do engenheiro guaratinguetaense José Rangel de Camargo, da Cia. Camargo e Mesquita, que também ergueu o prédio do Banco do Estado de São Paulo, edifício símbolo daquela cidade.
Proposta Cultural: Preservação dos valores culturais da cidade e região, e estímulo às artes e à pesquisa, através de atividades culturais. Nestas se incluem: exposições periódicas, audições, lançamento de livros, palestras, concursos e cursos. Exposição permanente de objetos de arte e da História de Guaratinguetá, pinacoteca, mobiliário, documentos e fotografias. Dentre as atividades, destaca-se a publicação de monografias sobre a terra e a gente de Guaratinguetá.
Roteiro de visitas e pesquisas: Salas de arte sacra, Galeria da Pinacoteca, Exposições, Salas de pesquisa, Salão de Audições e Salão de Palestras.
Arquivo Memória de Guaratinguetá: Documentação cartorária a partir de 1720. Documentos diversos - fotografias, festas religiosas, política, personalidades, músicas, jornais, etc. - sobre o município. Biblioteca de autores da cidade e sobre a história e folclore de Guaratinguetá.
Arquivo Valeparaibano: Biblioteca e documentação sobre a região do Vale do Paraíba: cidades e personalidades, ecologia e folclore. Organizada pelo Museu Frei Galvão para o Instituto de Estudos Valeparaibanos.


MONOGRAFIA
O Museu Frei Galvão publica mensalmente monografias sobre a história e o folclore do município e região do Vale do Paraíba.
Monografias do mês:
LEMBRANÇAS E ESTAMPAS NOS 280 ANOS DO ENCONTRO DA IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA, de AUTORIA DE THEREZA REGINA DE CAMARGO MAIA (ROTEIRO PARA A EXPOSIÇÃO )


EVENTOS


DOAÇÕES PARA O MUSEU FREI GALVÃO DE ARQUIVOS DE FAZENDAS
(GUARATINGUETÁ)

Tendo em vista o final do século vinte e as mudanças que estão ocorrendo no atual ciclo agropecuário e na produção leiteira da região do Vale do Paraíba, o Museu Frei Galvão de Guaratinguetá solicita aos proprietários de sítios e fazendas a doação de documentos relativos à vida na fazenda e área rural, de ontem e de hoje.
O objetivo da coleta dessa documentação, que será catalogada e preservada pelo Museu Frei Galvão e, no futuro, usá-la como fonte de estudo da história econômica do Vale do Paraíba e especialmente de Guaratinguetá.
Entre os documentos de interesse para esse estudo destacam-se: registros de compra e venda de terras, cadernetas com nomes e procedência dos animais, fotos de casas de camaradas, de sedes de fazendas, escolas, vendas e armazéns rurais, mangueiros e banheiras, benfeitorias (silos, paióis, tulhas), veículos e emplementos agrícolas de uso na região, entre os anos 1930 e 1990.
Maiores Informações no Museu Frei Galvão: Pça. Conselheiro Rodrigues Alves, 48