Museu Histórico e Pedagógico "Conselheiro Rodrigues Alves"

Casa do Conselheiro Rodrigues Alves
Casa do Conselheiro Rodrigues Alves

PATRONO
http://web.archive.org/web/19990225163803im_/http:/www.virtualvale.com.br/images/Red_Ball.gifO MUSEU
http://web.archive.org/web/19990225163803im_/http:/www.virtualvale.com.br/images/Red_Ball.gifATIVIDADES

O PATRONO
CONSELHEIRO RODRIGUES ALVES


CONSELHEIRO RODRIGUES ALVES
Conselheiro Rodrigues Alves

Nascimento: Em Guaratinguetá, São Paulo, na Fazenda "Pinheiro Velho", Bairro do "Machadinho", a 7 de julho de 1848.
Cursos: Colégio "Pedro II", Rio de Janeiro: Bacharel em Letras; Faculdade de Direito de São Paulo: Bacharel em Direito.
Advogado: Exerceu advocacia em Guaratinguetá; foi Promotor Público e Juiz de Direito e de órfãos, na sua cidade natal.
Político: No Império: Vereador à Câmara Municipal de Guaratinguetá; Deputado Provincial; Deputado Geral; Presidente da Província de São Paulo.
Na República: Deputado à Assembléia Constituinte; Senador Federal; Ministro da Fazenda (2 vezes); Presidente do Estado de São Paulo (2 vezes); Presidente da República (!902-06).

Empresário: Fazendeiro e Sócio das Empresas "Viúva Borges & Genros" e "Rodrigues Alves & Irmão".
Falecimento: Reeleito Presidente da República em 1918, não pôde assumir a Presidência; faleceu a 16 de janeiro de1919 e foi sepultado em Guaratinguetá no dia seguinte.

CONSELHEIRO RODRIGUES ALVES COM FAMILIA

Realizações: Quando deputado, viu aprovado seu projeto sobre ensino obrigatório na Província de São Paulo; propugnou pela imigração de colonos europeus (100 mil). Consolidou a situação financeira do Estado, como seu Presidente; criou o ensino Profissionalizante e as Escolas Normais; saneou a cidade de Santos, iniciou a Campanha Sanitária do Estado, iniciou o movimento pela construção do

Monumento do Ipiranga; estimulou a criação da Escola de Medicina; entre outras.Na Presidência da República, pacificou o território nacional, assegurou e consolidou o crédito público; apoiou com firmeza a ação de Oswaldo Cruz no combate à febre amarela e no saneamento do Rio de Janeiro, e a remodelação da cidade e dos portos principais do país; criou estradas de ferro; conseguiu o Território do Acre e o 1º Cardinalato da América do Sul; entre outros feitos.
Enfim, deixou o Brasil engrandecido e respeitado no exterior.

O MUSEU
Criação: Decreto nº26.218 de 03/08/1956.
Proprietário: Governo do Estado de São Paulo - Secretaria de Estado da Cultura - Departamento de Museus do Interior - Departamento de Museus e Arquivos.
Característica: Museu Biográfico, instalado na Casa que pertenceu ao Conselheiro Rodrigues Alves.
Localização: Rua Dr. Morais Filho, nº41 - Centro - CEP: 12.500-000 Guaratinguetá - São Paulo - Tel.: (012) 522-2007
Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª feira, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas
Proposta do Museu: O Museu procura não apenas coletar e conservar documentos, mobiliário e objetos pertencentes ao ex-presidente da República, o Conselheiro Rodrigues Alves, apresentar e educar no sentido didático da palavra, mas, também, ter um papel ativo orientado ao público. É um espaço cultural aberto aos pesquisadores, aos estudantes em geral e ao público.
A Casa
Construção: A casa foi construída em "taipa de pilão" pelo Dr. José Martiniano, nos meados do século XIX.
Localização: Está localizada na esquina das ruas Dr. Morais Filho, 41 (antiga Rua do Ipiranga) e Dr. Martiniano.
Metragem: Tem 440 m2 de construção, em 2 pavimentos, num terreno de 600 m2. Possui também um porão fechado com 100 m2. Tendo sofrido várias "reformas", suas paredes internas são, atualmente, de tijolos.
Aspectos Históricos: Foi residência do Conselheiro desde seu casamento e nela, durante seu mandato presidencial, muitas vezes ele se recolhia para meditar sobre problemas nacionais que ali eram discutidos. Antes fora residência da Família Martiniano. Nela Rodrigues Alves estabeleceu seu escritório de Advocacia. Sediou, durante a Revolução Constitucionalista, uma Secção da Cruz Vermelha de Santos e Tropas Federais após a Revolução. Hoje abriga o Museu Histórico e Pedagógico "Conselheiro Rodrigues Alves".
Características: Contém ainda algumas características dos solares dos fazendeiros de café do século XIX; porém sofreu grandes reformas como em 1934 e 1948.
Alguns cômodos foram adaptados para a instalação do Museu e seu funcionamento, como os banheiros e a copa.
OBSERVAÇÃO - O telhado, em 1948, foi feito com "telhas paulistinhas", mas devido a vários problemas apresentados, principalmente devido ao intenso trânsito urbano que provocava o deslocamento das telhas já deterioradas, causando grandes danos às taipas e ao acervo nos dias de chuva, foram elas substituídas em 1996 por "telhas portuguesas".
Situação Legal: O prédio pertence ao Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Cultura, conforme desapropriação efetuada em 1979, processo nº1473/79 - Comarca de Guaratinguetá.
Foi declarado de "Utilidade Pública" por Lei Municipal em 1968. Foi tombado pelo SPHAN em 1969 e declarada a Casa "Monumento Nacional" e tombado pelo CONDEPHAAT, em 1969.
O Acervo
É constituído por:

OBSERVAÇÃO - O Museu mantém uma biblioteca para consultas sobre o Conselheiro Rodrigues Alves, Guaratinguetá, Vale do Paraíba, São Paulo, História da República, História Geral e outros assuntos.
Coleciona, também, trabalhos resultantes de pesquisa sobre diversos assuntos, notícias da imprensa relativas ao Patrono e ao Museu.


Sala de Jantar da Casa de Rodrigues Alves

Sala de Jantar da Casa de Rodrigues Alves tendo na parede lateral tela com o patrono do Museu. As peças do mobiliário e lustres são originais da Casa.

Alegoria da Vitória

Alegoria da Vitória: Peça em bronze sobre mármore afixados em móvel com entalhe no estilo Manuelino. Mede 3 metros de altura. Foi presente da população do Rio de Janeiro, ao Conselheiro, pela abertura da Avenida Central (hoje Rio Branco) no Rio de Janeiro - 1904.

Setor Administrativo
Sendo uma repartição pública, o Museu realiza todos os procedimentos oficiais com arquivo administrativo de documentos e do pessoal, almoxarifado, patrimônio, prestação de contas, cadastro, entre outros, de Amigos do Museu e de Artistas, agenda de autoridades.
Organiza, também, o setor museográfico com fichas de catalogação do patrimônio, Livro do Tombo, inventário, índices, livro de visitas, de atas, de registros de eventos e de projetos.
ATIVIDADES
" CONCURSO RODRIGUES ALVES "
COMEMORANDO OS 150 ANOS DE NASCIMENTO DO CONS. RODRIGUES ALVES, A COMISSÃO MUNICIPAL ORGANIZADORA DA PREF. MUN. DE GUARATINGUETÁ, INSTITUIU ATRAVÉS DO MUSEU RODRIGUES ALVES, O REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ALUNOS DE 2º GRAU E PESQUIZADORES EM GERAL.

PRÊMIO PARA O 1ºCOLOCADO R$1.000,00

PATROCÍNIO: LIEBHERR DO BRASIL


O Museu é uma homenagem ao Conselheiro Rodrigues Alves e, ao mesmo tempo, um espaço cultural aberto à população. Para cumprir esta destinação desenvolve projetos anuais como: